quarta-feira, 19 de abril de 2017

Vida de Vestibulanda: Mantendo o hábito de leitura!

Hello, Dreamers!
Tudo bem com vocês?

Como vão suas leituras?
Segunda eu escrevi um pouco sobre a vida de vestibulanda.
Escrevi quatro pontos essenciais para a minha vida.
Um dos meus pontos foram a minha paixão sobre LEITURAS, tanto que esse ano eu decidi que leria 50 livros. "QUE?!?! Carol, menina, cê tá louca? 50 livros em ano de vestibular? Cê bebeu?"
Foi minha exata reação ao pensar em ler 50 livros.

Primeiramente livros aqui estão entrando nesse conceito: "Livros, HQs e Mangás"
Afinal, são ótimas leituras. E nesse ano, percebi quão gostoso é ler Mangás.

Segundo, em 2015 eu li aproximadamente 10 livros. Me senti mal.
Em 2016 decidi que leria ao menos 12, li aproximadamente 24.
Enfim fiz que nem dizem, você escolhe uma meta, quando atingir a meta dobra a meta. E assim por seguinte.
Ou seja, li progressivamente 10, 24 (ok, não foi o dobro exato *risos* mas vocês entenderam o principio) e se tudo der certo quem sabe 50 em 2017.

Até o momento li 21 livros, e estamos em abril, me sinto orgulhosa de mim. A maioria foram mangás, leituras extremamente leves e gostosas.
Quando me pus a meta 50 livros, não acreditava nunca que teria chance alguma de ler 50 livros, mas se lesse metade estaria feliz. Ao me apaixonar pela leitura dessas levezas/belezuras descobri que poderia realmente conseguir lê-los.

No IG @blogsonhosdealgodao vocês podem acompanhar minhas leituras.
Para mim, manter o hábito de ler está sendo algo essencial no meu processo de manter minha saúde mental. A melhor coisa para mim quando estou estressada, esgotada, cansada, ou qualquer coisa similar é sentar numa rede, com um bom livro na mão, um pedaço de chocolate e relaxar!

Afinal, a saúde mental é essencial, para mim, muitas vezes a atinjo lendo. Talvez com você isso também funcione, ou seja exatamente o contrario. Enfim, o fundamental é descobrir sua válvula de escape, descobrir o que te relaxa e como você pode se sentir bem! ^-^

Se você gosta de ler, não pare por estar em ano de vestibular, descubra seu próprio ritmo!
---------------------------------------------//--------------------------------------------------

                                                             Um beijo , Carol Luca<3


Minhas redes sociais:
Twitter: @CarolLuca28
Intagram: carolluca_
Snapchat: carolluca
Facebook- página que administro : Amo Series
Facebook-Página do blog: Sonhos de Algodão
Facebook-Página Rotaract Club de Piumhi: Rotaract Piumhi

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Vida de Vestibulanda: Sobrevivendo ao 3º ano (parte 1)

Hello, Dreamers.
Tudo bem com vocês?

Como vocês organizam seus estudos?
Como conciliam com suas vidas pessoais, sociais, amorosas?
Como mantem sua saúde mental?

Para mim, como para alguns de meus leitores esse é o ultimo ano de ensino médio ou como para outros ano de cursinho preparatório. Enfim, busca da entrada na faculdade para 2018 ou algum dos anos seguintes.

Ok, eu não sou a pessoa mais qualificada para falar do assunto. - Alguns dias paro em choque percebendo que estou no terceiro ano do ensino médio (o blog surgiu quando eu estava no 1º)
Mas muitas vezes me pediram, ah Carol, por que você não escreve sobre autoconfiança? Você sempre é boa falando nesses assuntos. Ou por que você não escreve sobre motivação? Ou dicas de estudos ou para "sobreviver ao terceiro ano"?
Enfim coisas ligadas a saúde mental, ao bom relacionamento consigo e com os outros.
E assim segue.
Se vocês, Dreamers gostarem da ideia talvez um dia desses eu venha falar mais sobre esses assuntos.

Hoje vim falar um pouco sobre escola, saúde mental, enfim o ano que supostamente define sua vida.
PRIMEIRO DE TUDO, se você não passar esse ano não é o fim do mundo!
SEGUNDO, se você não passar de primeira, não é o fim do mundo!
TERCEIRO, se você não achar que fez a escolha certa de curso não tenha medo de mudar!

Talvez o curso que você escolheu seja extremamente difícil ou então a faculdade dos sonhos seja extremamente concorrida. Não perca sua confiança, você é capaz!!
Mesmo assim se você não passar de cara, lembre,  NÃO É O FIM DO MUNDO.

Estou fazendo esse post pois eu como qualquer outra pessoa nessa posição já passei pela crise existencial "o que fazer, oh será o fim do mundo!"

Talvez esse post não ajude a você, mas se ajudar ao menos uma pessoa vou sentir que foi útil!

Minha visão sobre como eu gostaria de (sobre)viver o 3º ano é diferente da de outros jovens - não se sintam obrigados a concordar comigo, é meramente a minha opinião e cada um pode ter a sua - mas uma coisa é fato passar o ano todo se matando de estudar não é saudável, é necessário ter seus momentos de relaxamento e descanso.

Como eu gostaria de viver meu último ano?
Vivendo loucamente? Depende do seu conceito.
Ir a um milhão de festas nunca foi a minha cara.
Mas gosto de sair com meus amigos, viajar, ir a eventos rotários.
Amo ler e definitivamente AMO assistir séries!
Acho que deu pra perceber isso pelo conteúdo do meu blog.
Gosto de nadar e de relaxar.

Qual é o meu ponto nisso tudo?
Não existe jeito certo ou errado de viver seu último ano, o importante disso tudo é pensar eu vou me arrepender de viver assim ou assado? Se sim, você pode decidir se conseguirá conviver com essa realidade ou se prefere mudar.
Eu, por exemplo, comecei meu ano decidida a me esforçar mas sem me matar de estudar, sem desistir das coisas que me dão prazer, que me fazem viver, pois se eu não passar, poderei viver sabendo que dei meu melhor sem desistir de tudo. Se eu desistisse das coisas que me dão prazer, primeiramente não teria animo algum pra estudar tanto, e se eu não passasse iria me sentir sem rumo.
Mas isso vai de cada um. E é o que deve ocorrer, cada um deve pensar o que eles acham melhor e viver segundo esse principio.
Afinal, eu não sou a dona da verdade para saber como cada pessoa deve viver a sua vida. Mas, eu tento aos poucos descobrir como EU acho que EU deveria viver a minha.

Algumas coisas são fatos pra mim:
*Amo dar aulas de inglês - tanto que uma das coisas que eu disse pra mim, nem que eu tenha que ajustar loucamente minha agenda, não quero parar de dar aulas.
*Amo fazer parte do Rotaract - apesar de não poder ir a todas as reuniões devido os simulados aos sábados, tento participar ao máximo.
*Amo ver séries, ler, escrever pra vocês e comer chocos <3
*Amo sair (mesmo que seja dentro de casa *risos*) e rir com meus amigos <3

Então se eu parasse de fazer essas "quatro" coisas seria pra mim como se eu tivesse desistindo de viver. Talvez falar esse tanto da minha vida pessoal, seja me expor... Mas espero de verdade que esse post de alguma forma ajude alguém.

"Não desista de viver para 'morrer' de estudar"

Se você quiser estudar até cansar, ótimo, mas não esqueça de tirar ao menos 5 minutos pra fazer algo que você goste!

Boa sorte a todos os vestibulandos!
E isso vale com tudo na vida, afinal, a questão não é apenas sobreviver, é viver também!

*Se vocês gostaram do post e querem mais, deixem um comentário.
Posso até mesmo fazer uma série de posts, vida de vestibulanda(o)!
O post é parte 1 caso eu resolva fazer mais, ou vocês me peçam ^-^!
---------------------------------------------//--------------------------------------------------

                                                             Um beijo , Carol Luca<3


Minhas redes sociais:
Twitter: @CarolLuca28
Intagram: carolluca_
Snapchat: carolluca
Facebook- página que administro : Amo Series
Facebook-Página do blog: Sonhos de Algodão
Facebook-Página Rotaract Club de Piumhi: Rotaract Piumhi

sexta-feira, 24 de março de 2017

Coluna: Espaço Animê

Melhores Aberturas de Animes Antigos

Beyblade:
Muitos animes fizeram sucesso nas telinhas, mas poucos animes conseguiram fazer sucesso nas telinhas, nas escolinhas, nos mercadinhos, etceterazinhos. . . Quem tem mais de 23 anos, provavelmente já teve uma beyblade, provavelmente já brigou com um amigo que tinha uma beyblade melhor e com certeza irá ouvir essa abertura e sentir toda uma nostalgia ao lembrar das batalhas emocionantes, dos personagens “irados” e da trilha musical de arrepiar.
Bucky:
“O anime das bolinhas rosas”; foi exatamente essa a expressão que um amigo utilizou para me perguntar se eu lembrava de uma anime que passava no BandKids, eu fiquei puto, porque é claro que eu lembro do Bucky, o garoto que sonhava em governar o mundo e por isso se tornou uma “Grande Criança” e foi dar a volta ao mundo. . . Agora vamos a uma explicação técnica: o anime é conhecido como Jibaku-kun que é o espirito bolinha rosa do Bucky, mas como no Brasil os tradutores era bolinharosafóbicos, decidiram chamar o anime de Bucky. Enfim meus amigos, espero que gostem da música de abertura, porque eu gosto demais.
Digimon:
Lembram dos Tamaguchis? Então, eles existem de verdade e vivem no digimundo. E esses monstrinhos digitais tem sérios problemas que para resolverem precisam digitalizar pessoas reais para ajuda-los (engraçado que nós, as pessoas reais costumamos digitalizar nossos problemas para programas de computador nos ajudar a resolver. . . irônico né? Kkkk). Mas vamos ao que importa que é essa abertura incrivelmente nostálgica de uma época em que a Angélica apresentava os desenhos animados da Globo de manhã. Falando em Angélica, reparem em como essa mulher mita nessa abertura. Chega a escorrer uma lágrima em meu olho.
Dragon Ball:
T.O.D.A.S. as aberturas da Saga Dragon Ball – Dragon Ball Z são excelentes, foi extremamente difícil escolher apenas uma abertura para essa playlist, mas após escutar todas as aberturas umas novecentas e cinquenta e duas vezes aproximadamente, eu escolhi a abertura clássica de Dragon Ball por todo sentimento nostálgico que ela traz e por sua simplicidade.
Cavaleiros do Zodíaco:
Faça Elevar, O Cosmo no Seu Coração, (sons de armadura se encaixando no corpo), Todo Mal, Combater, Despeeertar o Poder. . .
Como não arrepiar escutando essa obra de arte cantada pelo Angra? Pois é, não tem como não arrepiar. Perder a abertura de um episódio de cavaleiros do zodíaco, e tipo refrigerante sem gás, sopa fria, namoro sem beijo na boca, revólver sem bala. . . deu para entender né? A abertura é um detalhe, mas é aquele detalhe essencial capaz de fazer você ficar feliz por ligar a TV na hora exata do início da música, ou ficar triste por perceber que perdeu a abertura por poucos segundos.
Pokémon:
Muitas pessoas já quiseram ser mestres Pokémon, e tenho certeza que muito disso foi por causa dessa música épica que fez sucesso não apenas na versão em português, mas também nas versões em diversas outras línguas. Pokémon foi marcante na infância de muitas pessoas, e tenho certeza que essa música também ficará marcada em suas mentes.
Ranma ½:
Esse talvez seja o anime menos conhecido, mas a música de abertura chamou a atenção de muita gente quando passou. Um pouco bonitinha, um pouco engraçada dando um tom até mesmo infantil para a mesma, mas não da para negar que é uma abertura que depois que se escuta, fica na cabeça durante um bom tempo.
Sakura Card Captors:
Bem, ao contrário de Ranma ½, Sakura Card Captors é um anime bastante conhecido no Brasil, já que passou durante bom tempo na rede Globo, e sua abertura, por mais que na minha opinião não seja uma música tão boa na versão portuguesa (acho a versão original bem melhor) é uma música que traz aquele sentimento nostálgico em muitas pessoas, e por isso entra nessa lista.
Sailor Moon:
Essa música sim, essa eu acho muito boa. A versão em português ficou muito parecida com a versão japonesa, e a melodia é uma melodia muito bonita, que na minha opinião, consegue “acalmar” o ouvinte de modo a prepara-lo para assistir o anime com a mente calma, independentemente do quão corrido, estressante ou cansativo tenha sido o seu dia. Enfim, concluindo o que eu quis dizer, é que essa é uma das melhores aberturas de anime na minha opinião e com certeza merece estar nessa lista.
Shurato:
“O espirito desse herói viaja para o futuro, Shurato, tente a verdade encontrar. . . “. Ouvir essa abertura me traz uma paz espiritual, renova minhas esperanças na Terra, e foi uma das primeiras vezes que vi misturarem inglês com português
KEEP ON SHINING SHINING quero ver brilhar
KEEP ON SHINING seus olhos
KEEP ON SHOOTING SHOOTING quero ver vencer
KEEP ON SHOOTING o amor
Lute com emoção! Shurato!
Shurato
Misturar inglês com português. . . quem never?

Fica ai o link da playlist com todas essas aberturas épicas, fodásticas e cult. https://www.youtube.com/watch?v=-PQRtq_xddM&list=PLTf3OET4sFaIuVSgdJj8sz5eM9IM1nIJM
Até the next ;p

El Psy Congroo

---------------------------------------------------------------//--------------------------------------------------------------------------------

Redes Sociais do blog:
Twitter: @CarolLuca28
Snapchat: carolluca
Facebook- página que administro : Amo Series
Facebook-Página do blog: Sonhos de Algodão

quarta-feira, 22 de março de 2017

Sorteio: Resultado!



Hello, Dreamers!
Tudo bem com vocês?


Lembram daquele SORTEIO HIPERMEGAPOWERLEGAL que o blog fez em janeiro?

A imagem pode conter: 1 pessoa

Bem no inicio desse mês o prêmio chegou a nossa ganhadora! ^-^

Sobre a ganhadora:
Seu nome é Giane Novak. Ela é Curitibana e tem 27 anos. Formada em Gestão Ambiental.
Ela contou à Sonhos que os livros entraram em sua vida quando ela tinha por volta de 14 anos por incentivo de uma amiga, a partir daí ela não parou mais, hoje em dia ela participa de um clube do livro e sempre vai a eventos literários.
Ela nos contou que ficou sabendo do sorteio através de um de seus grupos de leitura. Yes estamos crescendo ^-^



Aqui esta a nossa ganhadora! 
E ai, vocês gostariam de mais sorteios?

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Esse post foi curtinho, com o proposito de trazer um pouquinho sobre a ganhadora do primeiro sorteio do blog Sonhos de Algodão e saber o que vocês achariam de mais sorteios por aqui ^-^.


---------------------------------------------//--------------------------------------------------
Deixem suas respostas nos comentários.
                                                             Um beijo , Carol Luca<3


Minhas redes sociais:
Twitter: @CarolLuca28
Intagram: carolluca_
Snapchat: carolluca
Facebook- página que administro : Amo Series
Facebook-Página do blog: Sonhos de Algodão
Facebook-Página Rotaract Club de Piumhi: Rotaract Piumhi
      



sexta-feira, 10 de março de 2017

Coluna: Espaço Animê

                        Recomendação 003 – Anime: Code Geass Hangyaku no Lelouch


Número de episódios: 2 temporadas de 25
Status: 2 temporadas com final aparentemente fechado
Fonte de material original: Criação original
Gêneros: AçãoMilitarFicção Cientifica, Super Poderes, MecanóidesVida Escolar
Duração: 24 minutos por episódio.
Classificação: Maiores de 17 anos.
Nota do Autor: 10

Saudações terráqueos, extraterrestres e todos os demais leitores loucos deste blog, e aos melhores dos melhores leitores que tiram um tempinho para ler essa seção. Eu podia estar escrevendo um projeto de pesquisa para a faculdade, uma poesia para conquistar garotas, ou mesmo um textão para ganhar likes no facebook, mas ao contrário disso resolvi escrever sobre um dos melhores animes já feitos e por mim assistido. Code Geass é uma exceção na minha lista de animes favoritos, já que ele é o primeiro e até então último anime focado em mechas (robôs gigantes) que recebe nota 10. Na verdade, é o primeiro anime de Mechas que assisto mais do que 3 episódios, maaaaaas enfim, apesar do Mechas o anime tem muito mais conteúdo e vale a pena, aliás, vale a galinha inteira assistir essa incrível obra de arte lançada e transmitida entre o final de 2007 e 2008.
A sinopse é o seguinte, em 10 de Agosto de 2010, o Sagrado Império da Britannia superou as forças Japonesas e conquistaram o país com seus armamentos robóticos, os Knightmare Frames (famosos mechas ou mecanóides), em menos de um mês. O Japão então, perdeu sua liberdade e direitos e passou a ser chamado de Área 11. Os cidadãos Japoneses, chamados agora de "Elevens", foram forçados a viver em comunidades, enquanto Britannians vivem em locais de primeira-classe. Porém todos sabem que ta pra nasces uma nação mais orgulhosa do que os Elevens, (ops, quis dizer japoneses rsrs) então os rebeldes japoneses persistiram, para mais tarde, formarem organizações armadas (chamadas de terroristas pelos conquistadores) para lutar contra o império e consequentemente conseguir a independência do Japão.

Nessa mesma época, houve um atentado contra a esposa do imperador da Britannia e sua filha, porém depois de saber sobre isso, o Imperador nada fez para perseguir os terroristas. Seu filho, Lelouch Vi Britannia, é deserdado e usado como moeda de troca pelo seu pai, sendo vendido para o Japão juntamente com sua irmã, Nunnally, que ficou paralítica e cega como consequência do atentado. Eles passaram a morar na propriedade do Primeiro-Ministro, numa casa velha e assim acaba conhecendo o filho do Primeiro-Ministro, Suzaku Kururugi, iniciando a partir daí um forte laço de amizade.
Após a guerra entre Britannia x Japão e os dois acabam se separando e Lelouch e Nunnaly foram adotados pela família Ashford, onde passaram a morar na sua escola, a Academia Ashford, com o nome de Lelouch Lamperouge e Nunnally Lamperouge. As identidades de ambos foram mantidas em segredo, e apenas os Ashford tinham conhecimento sobre eles serem filhos do imperado.
Sete anos mais tarde, Lolouch encontra uma misteriosa garota que lhe dá um poder: Geass, o "poder do rei", que permite ao usuário dar uma ordem inquestionável. E com isso, ele finalmente tem o poder de que precisava para derrotar Britannia e cumprir seus dois objetivos: vingar a morte de sua mãe e construir um mundo onde sua adorável irmã possa viver feliz.
Vamos falar um pouco sobre o protagonista: Lelouch Vi Britannia posteriormente Lelouch Lamperouge codinome: Zero; é sem dúvida um dos melhores protagonistas dentre todos as animes que já assisti (por volta de 100 pelas minhas contas). Lelouch é um jovem estudante, com inteligência e estilo acima da média, ele magistralmente consegue controlas duas personalidades: a de estudante e vice-presidente do conselho estudantil, onde ele é cheio de amigos e projetos e sua outra personalidade: o líder rebelde da ordem dos cavaleiros negros, conhecido como Zero.
Zero é um personagem incrível que merece ser comentado a parte. Utilizando de sua inteligência e do poder concedido pelo Geass, Zero consegue façanhas militares inimagináveis e por isso conquista o respeito de seus inimigos e a admiração de seus aliados que se submetem a sua liderança mesmo sem conhecer sua real identidade. A ordem dos cavaleiros negros também é recheada de personagens interessantes porém não da pra cita-los sem revelar spoilers do enredo.
Entretanto meus amigos e amigas, esse anime é muito mais do que está nessa sinopse. Ele é um show de estratégias, de jogos psicológicos, batalhas dramáticas, mortes inesperadas, e principalmente, reviravoltas e mais reviravoltas, são tantas reviravoltas que a gente chega a ficar tonto. Tem romance, tem triângulos amorosos, tem personagens legais, personagens chatos. Sinceramente, esse anime tem tudo pra agradar pessoas de todos os gostos.
Bate Bola jogo rápido:
§  Pontos Positivos
·         Trilha Sonora
·         História sem enrolação
·         Animação bem feita.
§  Pontos negativos
·         Existência de Mecanóides (sério, não sei como os japas gostam)
·         Melhor amigo do Lelouch (Kururugi) é chato pra caramba
E é isso aí galera. Esse anime é realmente incrível. Acredito que quem ver não se arrependerá, e se se arrepender, podem vir nos comentários me xingar. Quem gostar pode comentar também. E semana que vem tem postagem especial hein, não deixem de conferir. Abraços a todos, fui. 

El Psy Congroo


---------------------------------------------------------------//--------------------------------------------------------------------------------


Redes Sociais do blog:
Twitter: @CarolLuca28
Snapchat: carolluca
Facebook- página que administro : Amo Series
Facebook-Página do blog: Sonhos de Algodão

quinta-feira, 9 de março de 2017

Coluna: Sonhos de Poesia 08

O poeta

as rosas caiam em confusao
quebrando toda essa ilusao
o vento soprava por entre as folhas
fazendo-as voar a sua escolha

as memorias anubliadas se perdiam
clariando todo aquele dia de escuridao
o dia se escondia por traz dos montes
e as estrelas brotavam de sua fonte

as mentiras eram afogadas de verdades
e as pessoas sorriam com sinceridade
e como se fosse magica os problemas desapareciam
e todos seus anjos se enchiam com sua perfeiçao

e o poeta abriu os olhos e percebeu
que tudo aquilo era como ele escreveu
um mundo sem nenhum defeito
um mundo todo perfeito...

---------------------------------------------------------------//--------------------------------------------------------------------------------
Antônio Morais
Redes Sociais do blog:
Twitter: @CarolLuca28
Snapchat: carolluca
Facebook- página que administro : Amo Series
Facebook-Página do blog: Sonhos de Algodão

quinta-feira, 2 de março de 2017

Coluna: Sonhos de Poesia 07

Ruas vazias

Pássaros cantavam,
Num mundo quebrado
Olhos brilhavam,
Num dia ensolarado

Ruas vazias
Gritavam por um novo dia

Bocas falavam,
Mas tudo enrolado
Crianças sorriam,
Mas nada moderado

Ruas vazias
Gritavam cheias de energia

Sonhos quebravam,
Porém eram colados
Pessoas choravam,
Porem não desmotivados

Ruas vazias
Gritavam com mais sintonia

Corações amados,
Por isso amavam
Estrelas brilham,
Do nosso lado


Ruas vazias
Gritavam por mais poesia!
---------------------------------------------------------------//--------------------------------------------------------------------------------
Antônio Morais
Redes Sociais do blog:
Twitter: @CarolLuca28
Snapchat: carolluca
Facebook- página que administro : Amo Series
Facebook-Página do blog: Sonhos de Algodão